Concursos: curso preparatório ou pós-graduação? – Jornal de Piracicaba

A oferta de vagas no setor público é atraente e acaba colocando dúvidas na escolha entre o investimento em pós-graduação e o curso preparatório.

Acompanhe uma matéria publicada no Jornal de Piracicaba em 31/03/2013, onde o Diretor da SM Consultoria, Treinamentos e Palestras Sergio Henrique Miorin dá dicas importantes que podem ajudar na sua escolha.

Cerca de dez milhões de brasileiros já estão se preparando para as mais de 80 mil vagas em concursos públicos esse ano, de acordo com estimativas da Pnad (Pesquisa Nacional de Amostragem de Domicílios), realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Concursos federais e estaduais costumam ser os mais procurados, justamente pelos atrativos que oferecem, como estabilidade no emprego e altos vencimentos iniciais. Em alguns casos, são registrados até 15 mil candidatos para apenas 200 vagas.

Só que passar em um concurso público não é tarefa das mais fáceis. Para se ter uma ideia, o concurso público para professores em Goiás teve índice de reprovação de 97,1%. Eram oferecidas 4.291 vagas.

Perfil Engenheiro Sergio Miorin - SM Consultoria Treinamentos e Palestras

Sergio Henrique Miorin Diretor da SM Consultoria, Treinamentos e Palestras

“O ponto de reprovação decorre da baixa qualificação dos cursos superiores, de modo que os candidatos acabam tendo um baixo aproveitamento. Muitas instituições acabam deixando um pouco a educação de lado, mantendo o foco em um verdadeiro comércio. Precisamos formar profissionais de ponta, prepará-los para o mercado”, afirmou Sérgio Henrique Miorin, diretor da SM Consultoria, Treinamento e Palestras e professor da IBE/FGV.

Sair na frente na disputa por uma vaga em concurso público, no entanto, é possível. O primeiro passo, nesses casos, pode ser uma pós-graduação na área de  concurso desejada. De acordo com Miorin, cursos de pós-graduação podem ser até 60% mais baratos do que cursos preparatórios para concurso público. E mais: com o certificado de especialização em mãos, o candidato ainda pode aumentar em até 50% o salário para a vaga disputada. Sem contar a pontuação final, que pode melhorar a colocação do candidato em um processo seletivo.

“A pós-graduação acrescenta enormes benefícios para a vida do cidadão. Além de elevar seus conhecimentos culturais e curriculares, proporciona segurança e capacidade para enfrentar os desafios profissionais e do cotidiano. Em muitos concursos, o fato do concorrente ter o título de especialista (pós-graduação lato sensu) aumenta sua pontuação final, melhorando a colocação no processo seletivo conforme regra de cada edital”, ressaltou Samanta Gobbo Fedrizzi, coordenadora de Pós-Graduação e Extensão da Faculdade Anhanguera em Piracicaba.

Ainda de acordo com Miorin, o principal problema da não aprovação em um concurso público é a base escolar ruim. “Esta precisa ser forte desde a alfabetização para que as outras etapas, ciclos, como o ensino médio, recebam o aluno em condições de aprendizagem. Outros fatores são: a falta de disciplina para se preparar da forma correta e a grande concorrência entre os candidatos que estão pleiteando as vagas. Optar por cursos de pós-graduação, sejam eles especialização, MBA (Master Business Administration), mestrado ou doutorado tem como vantagens ser uma opção mais barata, carga horária presencial menor permitindo assim um ganho de tempo do aluno no deslocamento(logística) e tendo este um conforto melhor em casa, atualização sobre a área/assunto pretendido, aumenta a possibilidade de acréscimos de até 50% no salário, dependo da promoção e pontuações extras para alguns concursos para os candidatos que têm pós-graduação.”

O diretor ainda afirma que com a pós-graduação, o candidato teoricamente estará entre uma rotina de estudos e pesquisas e acabará tendo preparo melhor nas questões específicas, o que é um diferencial. “O profissional tem mais oportunidades e possibilidades no mercado privado, que passa pelo apagão da mão de obra especializada e ainda aumenta muito a conhecida e velha palavra ‘network’, rede de relacionamento, para um novo emprego e pela troca de experiência adquirida.”

Para Samanta, estar em constante atualização da área é a chave para se dar bem em concursos. “Atualizar-se significa tornar-se apto para lidar com as mudanças que ocorrem em todos os setores. Significa ainda, manter e garantir sua competitividade no mercado e nos processos de trabalho. Com foco nessas realidades, os cursos de pós-graduação oferecem constante aperfeiçoamento acadêmico e profissional. A pós-graduação lato sensu tem na sua grade disciplinas que com certeza vão auxiliar o candidato nas disciplinas específicas do concurso. Hoje existem cursos de especialização que atendem várias áreas do conhecimento, contribuindo para uma assimilação maior de conteúdo. Sem contar que fazer parte do meio acadêmico, incentiva-o a continuar estudando de uma forma dinâmica e atualizada. Este enfoque tem uma importância significativa para as provas oral e dissertativa que fazem parte de fases eliminatórias de vários concursos.”


Tags: , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Curta nossa página
@SM_Treinamentos